Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Green Delights - cozinha vegetariana, simples e saudável

Bem vindo ao blog! Este espaço é dedicado a receitas vegan e vegetarianas, simples, deliciosas e saudáveis (a maior parte das vezes...)! Vamos cozinhar?

Qui | 20.02.20

FOTOGRAFIA DE COMIDA #01 - Luz natural

Fotografia 1 - Luz

Bem, aqui está uma publicação que andava a ser adiada há muito tempo...

Já mais do que uma vez perguntei no instagram se gostavam de saber mais sobre o que se passa por detrás da câmara, e sobre fotografia de comida e a resposta é sempre... sim! Além de comida e receitas este blog também nasce da minha paixão por fotografia e como tal achei que fazia todo o sentido trazer um conteúdo relacionado com a parte da fotografia aqui para o blog. Também vou partilhar dicas e imagens nos meus instastories por isso se ainda não me seguem por lá, vão num instantinho até @green_delights_blog! E este conteúdo não é apenas para quem tem blogs relacionados com comida, não senhor, se gostas de ocasionalmente tirar uma fotografia com o telemóvel àquele prato giro do restaurante estas dicas também se aplicam perfeitamente à tua situação!

 

Disclaimer: Tenho de avisar desde já que não sou fotógrafa nem especialista nesta área, a minha área de formação é a Bioquímica alimentar. Pouco depois de começar o blog fiz um curso online sobre fotografia, com a duração de 1 mês, que foi essencial para aprender o básico no entanto o que vou partilhar aqui são dicas baseadas na minha experiência e gosto pessoal. 

 

Passada toda esta introdução, vamos ao que interessa! Vou dividir isto por temas e na primeira publicação quis falar um bocadinho sobre o que é mais importante (na minha opinião) em TODAS as fotografias! Sejam fotografias de comida ou não, sejam tiradas com um telemóvel ou câmara profissional, um fator que é sempre extremamente importante é a LUZ! Dentro da luz podemos falar em luz natural ou luz artificial, hoje vou focar-me apenas na primeira, que é também a minha favorita. 

Fotografia 1 - sobre luz

Ou seja, nada de flashes da câmara ou do telemóvel, nada de luzes artificiais da cozinha sobre a comida, nada disso...Este tipo de luzes artificiais que não são próprias para fotografia de comida, vão fazer com que fique com um aspeto muito artificial, sem sombras, sem relaces, nada, ou então vão fazer com que todos os pratos fiquem com um tom meio amarelado, nenhuma das opções é boa...  Se conseguirem fotografar durante o dia com luz natural, façam-no, vão ver que as fotografias ficam sempre mais bonitas!

Por outro lado, tirarem uma fotografia, à hora de almoço, num dia de céu limpo, no exterior, também pode não ser a melhor ideia, luz natural é fantástica, mas assim diretamente sobre o prato, pode ficar excessivo...Ou podem gostar, deixo abaixo um exemplo de uma fotografia tirada no exterior com luz solar muito intensa:

Fotografia 1 - luz

 

Conclusão, na maioria das vezes, o ideal é luz natural mas difusa! Podem ir para o pé de uma janela iluminada, se o sol estiver muito forte podem tapar a janela com um lençol branco para difundir a luz ou se o dia estiver nublado, perfeito! Ou então toca a acordar cedo e a fotografar nas primeiras horas após o nascer do sol, antes de termos aqueles raios de sol muito intensos.

Claro que isto tudo é relativo, isto é o que geralmente funciona, mas se querem tirar uma fotografia ao pôr-do-sol, com tons mais alaranjados, quem sou eu para dizer que não?

Fotografia 1 - Luz

 

Agora vamos falar do ângulo com que a luz incide no objeto que estão a fotografar, neste caso, a comida, melhor do que falar é mostrar-vos:

 

1. Luz à esquerda do objeto

Fotografia 1 - sobre luz

Fotografia 1 - sobre luz

 

 

2. Luz atrás do objeto

Fotografia 1 - sobre luz

Fotografia 1 - sobre luz

 

3. Luz à frente do objeto

Fotografia 1 - sobre luz

Fotografia 1 - sobre luz

 

Agora vendo as três digam-me, qual é a vossa favorita?

Fotografia 1 - sobre luz

Eu tenho um favorito! A maior parte das minhas fotografias são tiradas como vêm na primeira fotografia: a janela (luz natural) a incidir do lado esquerdo da comida e uma placa branca do lado direito para refletir parte da luz de forma a ficar um bocadinho mais homogéneo.

Algumas fotografias podem ser tiradas com a luz a incidir atrás da comida para ficarem assim estes contrastes mais intensos, mas não funciona com todos os pratos por isso é mais raro utilizar esta segunda opção.

 

A terceira então é aquela que não utilizo nunca! Claro que isto é apenas a minha opinião, mas não gosto de ver a luz a incidir pela frente, este tipo de luz não funciona com comida porque a imagem perde muitos detalhes, fica sem realces, sem contrastes... não funciona mesmo.

 

fotografia de comida

E pronto, haveria muito mais a dizer sobre luz, obviamente, com pouca luz é muito dificil obter boas fotografias, mesmo que tenham o melhor equipamento... Quando tenho pouca luz natural disponível tento fotografar com a câmara num tripé, com um shutter speed mais baixo, ou seja um tempo de exposição longo, para evitar aumentar muito o ISO já que este prejudica a qualidade da imagem à medida que aumenta a quantidade de luz. Mas estas são as dicas que eu tenho para vocês neste momento! Já ficam a saber que a maioria das minhas fotografias são tiradas com a luz natural a incidir lateralmente na comida e com uma placa branca do lado oposto para refletir a luz... Agora vocês vêm o que gostam mais e o que funciona para vocês! Já disse e volto a repetir, é tudo relativo e é também uma questão de gosto pessoal.

 

Espero que gostem!

 

Subscrever